OralDents

Logo oraldents azul

Aparelho ortodôntico: saiba aqui tudo sobre o procedimento!

Avaliação Gratuita OralDents

Você sofre com os dentes meio tortinhos ou apinhados?

O aparelho ortodôntico é um dos principais procedimentos odontológicos, uma vez que os dentes desalinhados são um dos problemas mais comuns que acometem a arcada dentária.

Muitas vezes esse problema pode ser percebido já na infância junto de um odontopediatra, e deve ser tratado o quanto antes para evitar complicações agravantes não só envolvendo a saúde bucal, mas também a saúde geral.

Veja aqui tudo o que você precisa saber sobre o tratamento por trás do tratamento de aparelho ortodôntico, como funciona, seus tipos e particularidades, benefícios e preços:

Aparelho ortodôntico, o que é?​

Praticamente todo mundo já usou, vai usar ou conhece alguém que já usou aparelho ortodôntico. Por estar tão presente em nossa vivência, é normal que já se tenha uma ideia do que seja e do que se trata o tratamento.

Contudo, o tratamento vai muito além do uso de algum dispositivo móvel ou de algumas pecinhas na boca. A complexidade do tratamento está relacionada à conquista de uma arcada harmônica e simétrica, a boa execução das funções dos dentes e ainda a uma autoestima e qualidade de vida renovada.

É a principal alternativa de tratamento para os dentes tortos ou encavalados, problema que cientificamente é chamado de “apinhamento dentário”.

Os dentes tortos estão diretamente ligados à oclusão dentária, que é justamente o encostamento necessário entre os dentes superiores com os dentes inferiores ao fechar a boca. Dessa forma, em condições normais, o arco dentário superior deve ser um pouco maior que o inferior, ficando um pouquinho mais à frente.

No entanto, vale considerar ainda que existem vários tipos de aparelho ortodôntico, que variam quanto a sua estrutura e quanto a gravidade e particularidades do caso a ser tratado. Logo, o aparelho ideal vai ser indicado de acordo com a percepção e diagnóstico da condição.

aparelho ortodôntico

Quando o aparelho ortodôntico é indicado?​

Considerando os seus benefícios, o aparelho ortodôntico pode ser indicado em uma série de situações que envolvam o posicionamento e disposição incorreta dos dentes na arcada dentária.

É dependendo dessa indicação que o dentista especialista, o ortodontista, poderá fazer a indicação do tipo de aparelho ideal.

Entre as principais indicações para a colocação do aparelho estão:

  • Correção da mordida;
  • Junção de dentes separados;
  • Promoção do alinhamento dentário;
  • Prevenção da má oclusão dentária.

Vale considerar também os principais sintomas que acompanham os problemas de oclusão na arcada:

  • Dor de dente;
  • Dores de cabeça ou pescoço;
  • Incômodo durante a mastigação;
  • Dificuldade na escovação;
  • Caso de cáries recorrentes;
  • Dor na mandíbula;
  • Dores de cabeça e pescoço;
  • Criança com dificuldade na fala.

São vários as anomalias que podem causar esses problemas na arcada, e que podem motivar o uso do aparelho, são eles:

Mordida cruzada

A mordida cruzada é um dos tipos mais comuns de desalinhamento dos dentes, e é identificada pela deformidade na mordida saudável, em que os dentes não são capazes de se encaixarem de forma correta.

Contudo, o caso mais comum é quando os dentes de baixo sobrepõem os de cima, fazendo com que a arcada dentária superior se encaixe por dentro da arcada dentária inferior.

A anomalia pode afetar tanto os dentes da frente, recebendo o nome de mordida cruzada anterior ou inferior, e até mesmo os dentes de trás, recebendo o nome de mordida cruzada posterior. Pode ser resultante de razões genéticas ou fatores externos, tal como o hábito de chupar o dedo ou chupeta, o uso prolongado de mamadeiras na infância e a perda precoce de dentes.

Mordida aberta

A mordida aberta, também chamada de mordida profunda, é um tipo de má oclusão que pode atingir pessoas de qualquer faixa etária. É caracterizada quando os dentes superiores e inferiores não são capazes de se tocarem, mesmo com o fechamento da boca.

Esse problema pode afetar tanto os dentes frontais, os de trás e os das laterais, seja esquerda ou direita. Dessa forma, a mordida aberta pode ser classificada em 3 tipos: mordida aberta anterior, mordida aberta posterior e mordida aberta lateral.

Quanto às causas da mordida aberta estão os hábitos parafuncionais, que são ações feitas de forma inconsciente, como o apertamento e o ranger de dentes, roer unhas e morder objetos duros, maus hábitos da infância, respiração bucal, mau posicionamento da língua e tamanho anormal da língua.

Avaliação Gratuita OralDents

Diastema

O diastema é um problema que afeta, principalmente, os dois dentes frontais da arcada superior, e é identificado pelo espaço avantajado entre os dentes, que tende a ser bem visível, e impactar significativamente o sorriso, tanto esteticamente quanto em relação a qualidade de vida.

Essa ausência de contato interproximal associada entre dois ou mais dentes pode estar associada a fatores genéticos, ausência de algum dente, anormalidade do freio labial (tecido que conecta o lábio e a gengiva), anomalias nos dentes relacionadas ao tamanho e forma, e até mesmo problemas de alinhamento bucal.

É normal que crianças garantam o diastema por conta do resultado da queda dos dentes de leite, contudo, na maioria dos casos, os espaços são sanados com o nascimento dos dentes permanentes.

Mesmo que a maioria das pessoas com diastema recorram ao dentista por conta da estética, o espaçamento do diastema, mesmo que aparentemente inofensivo, é capaz de trazer problemas reais a saúde bucal, uma vez que tende a dificultar a higienização e assim, comprometer a sua qualidade.

Além disso caso não queira recorrer ao aparelho ortodôntico pelo fato de ser um procedimento que pode levar um tempo maior para resolver o diastema, muitos recorrem ao uso de lentes de contato dental, mesmo que tenha um custo mas elevado, mas o resultado é instantâneo.

Apinhamento dentário

O apinhamento dentário é o caso mais tradicional de mau posicionamento dentário, em que os dentes se encontram desalinhados.

Normalmente, essa característica está associada à falta de espaço para a acomodação dos dentes no arco dentário, sendo comum em crianças a partir dos 6 anos de idade, mas também pode comprometer a arcada dentária de adultos.

Assim sendo, há a superlotação dentária, que motiva dentes girados e a deslocamentos dos dentes.

Vale ressaltar que a superlotação dentária não se trata de um problema estritamente estético, também sendo capaz de trazer malefícios à saúde bucal, esteticamente e resultantes da má escovação.

Logo, entre as principais causas do problema estão a hereditariedade, a falta de espaço na arcada dentária e traumatismo na cavidade oral, comum na infância e adolescência, e que, por sua vez, é capaz de causar a lesão no esmalte dentário e a perda definitiva do dente.

Quais são os tipos de aparelho ortodôntico?

Muitas pessoas, se tratando de aparelho ortodôntico, logo pensam no modelo tradicional fixo, com todas as suas peças coladas na dentição. Contudo, com o avanço do tempo, os modelos de aparelho foram se aprimorando, cada adaptado para corrigir um problema específico de dente, ou dentes tortos.

Com isso, existem vários tipos de aparelhos, que podem ser fixos ou móveis, dependendo do modelo. Uns mais estéticos que outros.

Conheça os tipos aparelho ortodôntico existentes:

Aparelhos fixos

Os aparelhos fixos tendem a ser os mais comuns e mais indicados, sob a asserção de que o tratamento será mais rápido, por contar com um acompanhamento mais próximo do especialista responsável. São a indicação em casos mais graves de desalinhamento.

São exemplos:

aparelho fixo convencional

Aparelho fixo convencional

O aparelho fixo convencional é sem dúvidas o aparelho mais utilizado e indicado na hora de tratar os dentes tortos.

É o aparelho caracterizado pelas pecinhas metálicas, braquetes e fios, e as famosas borrachinhas, elásticos que envolvem os braquetes.

Os braquetes são as peças fixas na parte frontal dos dentes e possuem como principal objetivo promover o reposicionamento dos dentes na arcada, fazendo com que eles se locomovam para o local correto. Os fios do aparelho possuem ação semelhante, ligando os braquetes, exercendo força e fazendo com que os dentes se afastem ou se aproximem.

Por fim, as borrachinhas, além de atuarem no efeito estético, atuam unindo e aliando o fio aos braquetes, realizando a conexão entre as peças e possibilitando pressão necessária durante o tratamento.

aparelho fixo autoligado

Aparelho fixo autoligado

O aparelho autoligado pode ser considerado um aprimoramento do aparelho fixo, sendo uma alternativa similar mais estética. O modelo autoligado é caracterizado por não apresentar as borrachinhas na arcada superior e inferior.

A falta dos arcos é justificada pelo sistema de “porta” assumido pelos braquetes, em que o fio pode se aliar aos braquetes sem a ajuda dos elásticos. Além da estética, o aparelho autoligado vem com a promessa de um tratamento mais rápido e confortável, uma vez que as borrachinhas devem ser trocadas mensalmente, e em sua ausência, isso não é necessário.

A falta dos elásticos elimina o atrito e possibilita movimentos mais precisos, fazendo com que haja o aumento da eficiência do tratamento, o que impacta em um resultado em um menor período de tempo.

aparelho fixo estético

Aparelho fixo estético

Como o próprio nome indica, o se trata do aparelho mais preocupado com a aparência em meio ao tratamento. Levando esse fator em consideração, é o modelo mais discreto, podendo ser confeccionado em materiais como porcelana (cerâmica), policarbonato e safira.

O aparelho de porcelana assume coloração opaca e é mais resistente do que o de policarbonato, mas pode amarelar com o tempo. O de policarbonato é caracterizado por uma cor mais opaca e é menos resistente, tanto quanto a cor quanto por conta do material. Já o aparelho de safira é capaz de proporcionar mais benefícios, sendo caracterizado por ser translúcido, mais resistente e capaz de proporcionar resultados mais eficientes.

Os materiais que podem ser usados para a confecção desse tipo de aparelho, tendem a ter coloração semelhante à do esmalte dentário, podendo ainda contar com braquetes transparentes.

aparelho lingual

Aparelho lingual

O aparelho lingual atua com o mesmo objetivo do que o aparelho fixo convencional, contudo, apresenta como diferencial a forma mais discreta em que os braquetes são posicionados, de forma interna aos dentes.

Assim sendo, essas peças ficam em contato com a língua, posicionados de forma que fiquem totalmente imperceptíveis.

Além do benefício estético, o posicionamento das peças evita o atrito e as lesões causadas por ele, e faz com que esse modelo seja indicado para atletas de esporte de maior contato, como futebol americano e lutas.

Aparelhos móveis

O aparelho móvel, em comparação com o fixo, tende a ser mais estético e mais tranquilo de usar, sendo indicado em casos que requerem correções mais leves. A grande vantagem dos aparelhos móveis é justamente a possibilidade de remoção, para refeições e a higienização bucal, o que requer uma disciplina ainda maior do paciente.

Entre os principais tipos de aparelhos móveis estão:

aparelho invisível

Aparelho invisível

O aparelho invisível ou alinhador transparente, é o um tipo de aparelho móvel estético feito de placas de plástico feitas por meio de uma tecnologia 3D.

A promoção do alinhamento dos dentes por meio desse aparelho são as placas, que são dadas pelo dentista e devem ser trocadas em casa de 15 em 15 dias, sendo uma mais apertada que a outra, sendo possível assim adquirir um alinhamento gradual.

aparelho extensor de palatino

Aparelho extensor de palatino

Conhecido também como aparelho para abrir o céu da boca, se trata de um aparelho que está por trás da correção do palato, aumentando a sua largura para que haja a liberação de espaço na arcada dentária para a melhor disposição de dentes.

É a principal indicação para crianças que sofrem de mordida cruzada. Vale ressaltar que, na maioria das vezes, o tratamento ortodôntico estará associado ao procedimento cirúrgico, a cirurgia ortognática, que atua na restauração da harmonia facial afetada pelo problema, além de ajudar na função mastigatória.

aparelho de contenção

Aparelho de contenção

O aparelho de contenção é utilizado depois do uso do aparelho fixo, e por sua vez, atua contendo os resultados que foram adquiridos com o tratamento, evitando que os dentes cumpram com a sua tendência e retornem a sua distribuição errada.

Esse aparelho deverá ser usado até os dentes adquirirem estabilidade, mesmo considerando que os dentes nunca param de se movimentar totalmente. É por meio da contenção que se é possível manter os benefícios adquiridos.

Quanto a sua confecção, o aparelho de contenção pode ser feito em metal ou um tipo de plástico. Vale ressaltar que o aparelho invisível também pode ser usado nesse período com esse objetivo.

Avaliação Gratuita OralDents

Qual a importância do uso do aparelho ortodôntico?

A importância do aparelho ortodôntico está associada ao efeito e os benefícios do tratamento dos dentes tortos, tratando todo o desconforto proporcionado e melhorando as funções dentárias, tal como a mastigação, deglutição, fala e impactando positivamente até mesmo a respiração.

Além disso, por meio da correção do alinhamento dentário é possível se beneficiar de uma higienização feita de forma correta e completa, evitando danos à dentição como o aparecimento de tártaro, cáries e problemas gengivais (gengivite e periodontite). O fluxo de saliva e o desgaste dentário também podem ser resultantes da falta de tratamento.

A harmonia do sorriso impacta positivamente na estética do sorriso e assim na autoestima e autoconfiança do paciente.

cuidados pós aparelho

Aparelho ortodôntico antes e depois, quais os cuidados necessários?

Uma vez em meio de um tratamento ortodôntico, o paciente deve considerar alguns cuidados essenciais para que não haja complicações em meio ao processo:

  • Boa alimentação – evitando alimentos duros, muito pigmentados e açucarados, principalmente no uso do aparelho fixo;
  • Higiene bucal adequada – contando com 2 ou 3 escovações diárias, com o uso diário do fio dental e do enxaguante bucal quando necessário. O uso de uma escova ortodôntica ou interdental é uma indicação;
  • Cuidado no manuseio do aparelho móvel – retirando com cuidado e guardando no recipiente adequado;
  • Boa ingestão de água – evitando o aparecimento de manchas no aparelho ao longo do tratamento;
  • Informar o dentista em caso de incômodo – principalmente em caso de uso de aparelhos fixos.

Além disso, uma dica importante é recorrer ao clareamento dental pois muitas vezes os dentes tendem a ficarem amarelados devido a dificuldade com a higienização.

Quanto custa o aparelho ortodôntico?

O preço do aparelho ortodôntico é bastante variável, considerando os vários tipos de aparelho existentes e como é realizada a sua confecção, além da duração do tratamento e a clínica escolhida.

Em média, o custo do aparelho ortodôntico convencional vai de R$ 500 (quinhentos reais) a R$ 1000 (mil reais), o dos modelos estéticos de R$ 1000 (mil reais) a R$ 2500 (dois mil e quinhentos reais), e os móveis, de R$ 500 (quinhentos reais) a R$ 750 (setecentos e cinquenta reais).

Contudo, vale ressaltar que muitas vezes esse não será o investimento total, já que o tratamento ortodôntico engloba a documentação, a necessidade de manutenções e o acompanhamento regular pelo dentista, até mesmo em meio ao uso do aparelho móvel, averiguando se está havendo a conquista de um bom resultado.

visitas regulares ao dentista

Visitas regulares ao dentista

As visitas regulares à clínica odontológica são essenciais para a manutenção de uma saúde bucal em dia, prevenindo problemas à saúde bucal, que podem comprometer até mesmo a saúde do organismo.

São as idas ao dentista que irão possibilitar que o profissional seja capaz de identificar o problema de forma precoce, encaminhando o paciente ao tratamento indicado o quanto antes, e evitando agravamentos da situação com o tempo.

Durante o tratamento ortodôntico, o ortodontista, pelas visitas regulares, também poderá avaliar a qualidade da higiene bucal que está sendo feita, fazendo as devidas observações e orientações, evitando o aparecimento de outros problemas bucais ao longo do processo de alinhamento dos dentes.

Logo, a visita a uma clínica odontológica OralDents não visa só um sorriso mais bonito, mas também uma melhor qualidade de vida.

O seu sorriso é nossa prioridade! Confie na OralDents!

Avaliação Gratuita OralDents