OralDents

Logo oraldents azul

Clareamento dental: veja como deixar os dentes mais brancos!

O clareamento dental é um procedimento que vem se tornando cada vez mais popular com o passar do tempo.

Isso se deve ao fato de as pessoas estarem cada vez mais procurando formas de alcançar os tão sonhados dentes perfeitos.

Portanto, o crescente aumento na busca por dentes perfeitos levou a um grande aumento na busca pela realização do clareamento dos dentes.

Sendo assim, confira mais a respeito do clareamento dental:

O que é clareamento dental?

O clareamento dental é um procedimento odontológico estético cujo objetivo é promover o clareamento dos dentes do paciente. Ele pode ser realizado de diferentes maneiras, tais como o clareamento em consultório e o clareamento caseiro.

Desse modo, por se tratar de um procedimento estético, seu intuito é apenas para deixar seus dentes com uma aparência melhor caso você sinta um incomodo pela coloração dos dentes ou queira deixar seus dentes mais brancos após finalizar o procedimento do aparelho ortodôntico.

Sendo assim, o clareamento dental pode ser realizado por qualquer pessoa que deseje clarear os dentes contanto que o dentista aprove sua realização.

Como funciona o clareamento dental

Como funciona o clareamento dental?

O clareamento dental é um procedimento que funciona a partir da utilização de um produto abrasivo sobre os dentes.

Esse produto, também chamado de gel clareador, é responsável por quebrar as moléculas pigmentadas dos dentes, o que consequentemente promove o branqueamento deles.

Sendo assim, o clareamento dental é um procedimento responsável por remover as moléculas pigmentadas dos dentes, removendo assim as manchas que os tornam escurecidos.

Quais são os tipos de clareamento dental?

Assim como citado anteriormente, existem diferentes tipos de clareamento dental, tais como o realizado em consultório e os métodos que podem ser realizados de forma caseira.

Sendo assim, com o objetivo de ajudá-lo a compreender melhor como cada tipo de clareamento é realizado, separamos informações a respeito de cada tipo de clareamento.

Confira:

Clareamento a laser

Clareamento a laser

O clareamento dental a laser, também chamado de clareamento em consultório, consiste em um tipo de clareamento realizado no consultório odontológico.

Para sua realização, primeiro é realizada uma proteção das gengivas e mucosas bucais para evitar que o gel clareador cause feridas a essas regiões.

Logo em seguida é aplicado o gel clareador sobre os dentes, seguindo-se sua ativação por meio de uma luz de laser.

A luz de laser é responsável por ativar o gel clareador, fazendo com que ele apresente os resultados mais rapidamente.

Quando finalizada a sessão, o dentista remove o gel clareador dos dentes do paciente e em seguida remove as proteções das mucosas.

Normalmente realiza-se de 3 a 4 sessões de clareamento a laser para alcançar-se o resultado desejado e as sessões geralmente possuem um espaçamento de em média 1 semana entre elas.

Clareamento dental caseiro

Clareamento dental caseiro

O clareamento dental caseiro, também conhecido como clareamento dental com moldeira, é um tipo de clareamento que pode ser realizado na própria casa do paciente.

Apesar de esse tipo de clareamento ser realizado em casa, para iniciar o procedimento, o paciente deve ir ao consultório e relatar ao profissional sua vontade de realizar o clareamento dental caseiro.

Após relatado ao profissional, ele irá receitar o kit de clareamento dental para que o paciente possa adquiri-lo e passar as devidas instruções a respeito do procedimento. Em alguns lugares o kit pode ser adquirido na própria clínica.

O kit de clareamento dental consiste em uma moldeira que é utilizada para colocar o gel sobre os dentes, um aplicador para colocar o gel na moldeira e o gel clareador.

Para realizar o clareamento dental caseiro, o paciente deve preencher a moldeira com o gel clareador e em seguida aplicá-la sobre os dentes.

É importante que o paciente tome cuidado para que o gel não encoste nas gengivas, pois esse contato pode acabar causando feridas nas gengivas.

Desse modo, caso o gel acabe saindo para fora da moldeira após aplicado, o paciente pode remover o excesso utilizando um cotonete.

Após aplicar a moldeira sobre os dentes, o paciente deve deixá-la atuar pelo tempo indicado pelo dentista e em seguida removê-la e enxaguar a boca para remover o agente clareador.

Esse procedimento normalmente é realizado uma vez ao dia e tende a levar cerca de 40 dias para se atingir o resultado almejado.

Clareamento dental misto

O clareamento misto é uma técnica que combina o clareamento a laser em consultório e o clareamento com moldeira.

Sendo assim, ela consiste na realização do clareamento em consultório e na utilização do clareamento com moldeira no intervalo de tempo entre as sessões de clareamento no consultório.

Dessa forma, o clareamento misto consiste na combinação desses dois métodos com o objetivo de promover um clareamento mais rápido.

Clareamento interno

O clareamento interno é um tratamento realizado para remover manchas internas que se formam nos dentes devido a complicações no tratamento de canal.

Sendo assim, essa técnica não pode ser utilizada para clarear manchas externas nos dentes, visto que para isso é necessário utilizar algumas das técnicas de clareamento convencional.

O clareamento interno é pode ser realizado de três maneiras diferentes, a chamada Walking Bleach, o que é realizado apenas em consultório e a combinação das duas técnicas, chamado de clareamento interno misto.

Para realizar qualquer uma das técnicas de clareamento interno é necessário remover o preenchimento do tratamento de canal, deixando a câmara pulpar livre.

Desse modo, a técnica Walking Bleach consiste no preenchimento da câmara pulpar com o agente clareador e é feita sua selagem no interior do dente.

Após um período de 7 a 10 dias esse produto é removido e trocado até que se atinja o resultado desejado, assim que o resultado for atingido, é realizada uma restauração do dente, que consiste em seu preenchimento, assim como foi realizado anteriormente no tratamento de canal.

Há também o procedimento realizado no consultório odontológico, no qual é feita a inserção do produto clareador na câmara pulpar e em seguida ativa-o com uma luz de LED ou laser.

Logo após sela-se a cavidade e após um intervalo de aproximadamente uma semana repete-se o procedimento até que se alcance o resultado desejado.

Já o procedimento misto consiste na combinação dos dois procedimentos citados acima, portanto, é realizado o procedimento em consultório e logo em seguida realiza-se a técnica Walking Bleach, então após uma semana o paciente retorna ao consultório e repete-se essa combinação até que seja obtido o resultado desejado.

Fita de clareamento dental

Fita de clareamento dental

A fita de clareamento dental é um dos produtos de clareamento dental de venda livre e que pode ser utilizado na própria casa do paciente.

Ela consiste em um conjunto de fitas que vêm em uma embalagem e possuem peróxido de hidrogênio em sua composição, que é um abrasador responsável por clarear os dentes.

Para utilizá-la, o paciente deve aplicá-la sobre os dentes, de canino a canino, tanto inferiores quanto superiores e deixar agir por um período de aproximadamente meia hora, visto que esse é o tempo necessário para o peróxido de hidrogênio reagir.

Além disso, é necessário tomar cuidado na hora de colocá-la sobre os dentes para que elas não atinjam as gengivas, pois isso pode acabar ferindo-as.

É importante lembrar que apesar de ser um produto que pode ser adquirido e utilizado a qualquer momento, é importante utilizá-lo com o acompanhamento de um dentista, visto que ele conseguirá orientá-lo a respeito da melhor maneira de utilizá-las.

Creme dental clareador

O creme dental clareador também é um produto de clareamento dental de venda livre que pode ser adquirido por qualquer pessoa.

Ele consiste em um creme dental semelhante ao convencional, porém, ele possui uma porcentagem maior de abrasantes, o que garante a ele a possibilidade de promover o clareamento dos dentes.

Sua utilização é feita através da simples substituição de seu creme dental comum pelo creme dental clareador e escovar os dentes da mesma maneira.

Desse modo, assim como as fitas de clareamento dental, o creme dental clareador também não deve ser utilizado sem o acompanhamento de um profissional, visto que seu uso incontrolado pode acabar causando danos à estrutura do dente.

Enxaguante bucal clareador

O enxaguante bucal clareador funciona de maneira semelhante ao creme dental clareador, visto que sua utilização é feita a partir da substituição do enxaguante bucal convencional pelo clareador.

Sendo assim, o recomendado é que ele seja utilizado após escovar os dentes e utilizar o fio dental, ou seja, como forma de finalizar a higienização bucal.

Assim como o creme dental clareador, ele possui produtos que fazem com que seu uso contribua para a remoção de manchas mais superficiais dos dentes.

Porém, não é recomendado que ele seja utilizado constantemente, pois pode acabar causando danos indesejados à estrutura dentária do paciente.

Dessa maneira, ao sentir o desejo de utilizar o enxaguante bucal clareador, é recomendado procurar um profissional para realizar o acompanhamento do uso do enxaguante clareador, pois somente dessa forma é possível garantir que não serão causados danos à estrutura dos dentes.

Qual o melhor tipo de clareamento dental

Qual o melhor tipo de clareamento dental?

Atualmente existem diversos tipos de clareamento dental, o que garante ao paciente a possibilidade de avaliar e decidir qual tipo de clareamento mais o agrada.

Portanto, os melhores tipos de clareamento são aqueles realizados por um profissional, como o clareamento a laser e o clareamento caseiro com moldeira.

Ambos clareamentos conseguem entregar resultados satisfatórios ao paciente, portanto cabe ao paciente decidir qual o agrada mais.

O principal diferencial entre os dois se deve ao fato de o clareamento a laser ser um procedimento mais rápido e que é realizado com menos sessões, além de ser necessário que o paciente esteja no consultório odontológico.

Já o clareamento caseiro com moldeira é realizado na própria casa do paciente diariamente, podendo durar cerca de 40 dias para finalizar.

Desse modo, o melhor tipo de clareamento é o que o paciente achar mais agradável para ele, seja em consultório ou realizado em casa com a moldeira de clareamento.

Quanto tempo dura o clareamento dental?

O escurecimento dos dentes é um procedimento natural, portanto mesmo após realizar o clareamento seus dentes irão amarelar novamente com o passar do tempo.

Sendo assim, independentemente de realizar o clareamento em consultório ou o clareamento caseiro com moldeira os resultados tendem a durar o mesmo tempo.

Desse modo, o branqueamento promovido pelo clareamento dental costuma durar em média 2 anos, podendo variar de acordo com os cuidados do paciente.

Portanto, caso o paciente deseje manter os dentes brancos após o escurecimento deles, é necessário realizar o procedimento de clareamento novamente.

O que não devo comer após o clareamento?

O escurecimento dos dentes é um processo natural dos dentes, porém, ele pode ser intensificado pela ingestão de alguns alimentos muito pigmentados.

Se você fez clareamento dental, tem lentes de contato dental ou até mesmo quer manter seus dentes naturalmente mais brancos é recomendado que o paciente evite:

  • Bebidas com pigmentação forte, tais como vinho, refrigerantes e café;
  • Comidas com coloração forte, tais como açaí, beterraba e chocolates;
  • Alimentos muito ácidos;
  • Doces;
  • Bebidas alcoólicas, em especial as coloridas.

Além disso, também é recomendado que o paciente evite consumir cigarros, visto que os cigarros são um dos grandes responsáveis pelo escurecimento dos dentes.

Sendo assim, para manter o resultado do clareamento pelo maior tempo possível, é recomendado que o paciente evite consumi-los após o clareamento para manter os resultados por mais tempo.

Clareamento dental deixa os dentes sensíveis

Clareamento dental deixa os dentes sensíveis?

O clareamento dental é um procedimento que consiste na quebra das partículas pigmentadas do esmalte dentário para obter-se a remoção das manchas externas dos dentes.

Desse modo, esse processo pode acabar tornando a camada do esmalte dentário um pouco mais fina, o que pode acabar contribuindo para o aumento da sensibilidade dentária.

Essa sensibilidade costuma ser mais intensa durante o processo de clareamento, porém sua intensidade pode variar de acordo de paciente para paciente.

Portanto, a sensibilidade dentária não é causada por algum tipo de clareamento específico, mas pelo processo em si.

A sensibilidade após o clareamento dental tende a durar por até 15 dias depois de finalizado o procedimento. Caso o paciente sinta que a sensibilidade está muito intensa, ele deve relatar ao profissional para que possa ser feito um ajuste no procedimento e possa ser mais tranquilo, ou caso necessário seja feito uma interrupção no tratamento.

Para minimizar a sensibilidade após o clareamento, o paciente pode utilizar cremes dentais para sensibilidade dentária. Esses cremes dentais conseguem reduzir os sintomas da sensibilidade provocada pelo clareamento.

Quem tem sensibilidade pode clarear os dentes?

O clareamento dental é um procedimento conhecido por tornar os dentes mais sensíveis, sendo assim, é comum que pacientes que não possuam nenhum tipo de sensibilidade dentária passe a ter os dentes sensíveis.

A sensibilidade dentária não é um tipo de incômodo igual para todas as pessoas, portanto, cada pessoa possui um nível de sensibilidade que aguenta suportar.

Sendo assim, o clareamento dental para pessoas com dentes sensíveis é indicado apenas quando o paciente consegue suportar o incômodo gerado pela sensibilidade.

Além disso, caso ele comece o procedimento de clareamento e sinta incômodo de tal maneira que não consiga prosseguir com o clareamento, ele pode interrompê-lo durante sua realização.

Por que não devemos utilizar os métodos de clareamento dental caseiro que vemos na internet?

Os únicos métodos de clareamento confiáveis que não causam grandes danos ao esmalte dentário são os efetuados por um dentista ou com o acompanhamento dele.

Sendo assim, os métodos encontrados na internet, tais como clareamentos utilizando bicarbonato de sódio e afins não são recomendados.

Isso se deve ao fato de que a utilização desses produtos caseiros para clarear os dentes causa danos ao esmalte dentário de modo que pode acabar comprometendo o esmalte dentário.

Contraindicações do clareamento dental

O clareamento dental é um procedimento estético que pode ser realizado por quase todas as pessoas que desejem clarear os dentes.

Porém, mesmo se tratando de um procedimento estético, ela ainda possui contraindicações que impedem sua realização em alguns casos. Sendo assim, não é recomendado realizá-lo quando o paciente:

  • Possuir alergia a algum dos compostos utilizados no procedimento;
  • Estiver grávida ou amamentando;
  • Possuir alguma complicação de saúde bucal, como cáries ou gengivite;
  • For menor de idade.

Além disso, esse procedimento também é contraindicado caso o paciente já possua sensibilidade dentária e possua uma baixa resistência ao incômodo provocado por ela.

Quanto custa um clareamento dental

Quanto custa um clareamento dental?

Atualmente não é possível afirmar o preço exato do clareamento dental, visto que ele pode variar de acordo com o tipo de clareamento, região, dentista e clínica escolhidos.

Sendo assim, só é possível estipular um preço médio, portanto o procedimento tende a custar de R$800 (oitocentos reais) a R$3.000 (três mil reais).

Já os produtos de venda livre que promovem o clareamento dental tendem a custar até R$100 (cem reais).

Com isso, para um orçamento preciso do valor do clareamento dental é necessário recorrer ao dentista.

Visitas regulares ao dentista

As visitas regulares ao dentista conseguem promover o acompanhamento do procedimento de clareamento dental, além de dar ao paciente a oportunidade de relatar quaisquer tipos de complicações derivadas do clareamento.

Além disso, através das visitas regulares é possível estabelecer um histórico odontológico, o que garante que o dentista possa ter acesso a todos os procedimentos odontológicos que você já realizou.

Por meio delas também é possível identificar e tratar problemas como a cárie e o tártaro antes que se tornem complicações graves.

Isso só é possível por meio do tratamento precoce, que garante que eles não evoluam ameaçando a saúde de toda a boca.

Por meio delas também é possível realizar tratamentos rotineiros, como a profilaxia, que é a limpeza profissional dos dentes e deve ser realizada de 6 em 6 meses.

A profilaxia também garante a possibilidade de realizar a raspagem de tártaro e remoção da placa bacteriana.

Logo, as visitas periódicas também tornam possível o aconselhamento a respeito de bons hábitos de higiene bucal, fazendo assim com que o paciente melhore seus cuidados diários.

A visita a uma clínica odontológica OralDents não visa só um sorriso mais bonito, mas também uma melhor qualidade de vida.

O seu sorriso é nossa prioridade! Confie na OralDents!